Extensão

2017 – Atual
Mostra de Saberes: vislumbrando novos caminhos para o ensino interdisciplinar e contextualizado
 
Descrição: Este projeto visa à realização de uma Mostra de Saberes em Uberaba/MG, articulando-a à perspectiva de ensino por investigação em um movimento de parceria com a formação de professores de ciências e matemática. Objetiva-se envolver todos os setores da comunidade escolar, constituindo-a como palco para um trabalho baseado no ensino por projetos. Destaca-se a necessária parceria entre a educação básica e a superior, de modo a construir uma proposta diferenciada de Feira de Ciências, sua respectiva avaliação e a implicação na formação de professores. Busca-se trabalhar mais ações colaborativas junto aos professores em serviço e em formação visando à promoção da melhoria do ensino e da aprendizagem científica na Educação Básica.
Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico – Auxílio financeiro.

 

2016 – Atual
Formando Divulgadores da Ciência para o Triângulo Mineiro

Descrição: A falta de profissionais especializados na área de Ciências da Natureza e Matemática já é histórica no Brasil. Sabe-se, pois, que uma educação científica de qualidade é uma das portas para o crescimento social e tecnológico, que impacta diretamente na economia e nas relações sócio-ambientais existentes entre a população de um determinado local e o seu desenvolvimento. Para que esta educação científica de qualidade seja promovida no país é necessário que sejam formados professores dessa grande área em instituições em que a qualidade da formação do docente seja maximizada. No entanto a procura por estas carreiras no país ainda é pequena e a formação dos profissionais desta área menor ainda, pois a evasão nestes cursos é grande. Segundo Araújo e Vianna (2011) embora a quantidade de vagas oferecidas principalmente para os cursos de Licenciatura em Física e Química tenham quase triplicado, a procura por estas carreiras aumentou apenas 70% e a percentagem de alunos concluintes desses cursos não representa mais do que 10% dos alunos matriculados para o ano de 2007, por exemplo. O conhecimento e a utilização da Ciência como construção humana e sua utilização para a melhoria da qualidade de vida de uma sociedade depende principalmente do letramento científico da população. Uma das ações principais para a promoção da alfabetização e do letramento científico é a divulgação científica, geralmente feita em locais destinados principalmente para este fim, como os centros e museus de Ciência, ou em ações realizadas por universidades, centros culturais ou até escolas de Ensino Básico – quando da realização de feiras de Ciências ou mostras de saberes. No entanto, para a consecução de ações dessa natureza, é necessária formação para o trabalho com as diferentes linguagens que cercam o complexo fenômeno da divulgação científica. Tendo em vista as breves considerações efetuadas acima, é possível delimitar os seguintes objetivos: 1. Formar divulgadores a respeito de temas de C&T, por meio da produção de diferentes materiais, 2. Ampliar o acesso à Ciência por meio da difusão desses materiais em escolas e instituições de Ciência e Tecnologia do Triângulo Mineiro, que apresenta poucas iniciativas dessa natureza, 3. Popularizar aspectos e conceitos científicos a uma maior parcela da população do Triângulo Mineiro, trabalhando também sua contextualização, ou seja, a importância que estes conceitos podem ter no cotidiano social, histórico e cultural do sujeito, 4. Indiretamente, aumentar os níveis de percepção pública da Ciência e da Tecnologia, propiciando o entendimento de sua natureza, seus limites e possibilidades e 5. Estimular o interesse por assuntos da área de Ciências da Natureza, podendo assim estimular o aumento da procura dos estudantes do Ensino Básico por carreiras das áreas científicas e de Licenciatura em Ciências da Natureza e Matemática.

Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais – Auxílio financeiro.

 

Para além dos muros da universidade: a divulgação científica por meio de ações socioeducativas e culturais

Descrição: Integra esta proposta o desenvolvimento de ações integradas centradas em abordagem em temáticas de divulgação científica (DC) e comunicação pública da ciência e da tecnologia (PPCT), abarcando ações interdisciplinares sobre Astronomia, Astrofísica, Matemática, História, Geografia, Geologia e afins. O objetivo é promover a realização de mostras, exposições temáticas, publicações de textos e artigos científicos e ações de divulgação científicas fixas e itinerantes na cidade de Uberaba e cidades da região, com a finalidade de promover a popularização da ciência, da tecnologia. As ações que propomos foram pensadas atentando ao caráter multidisciplinar e integrado a atividades de ensino-pesquisa-extensão, tendo objetivos comuns. Para a viabilização e concretização de nossas ações solicitamos, entre outros itens, aquisição de um Planetário móvel e equipamentos complementares. A proposta visa abranger um público diversificado, especialmente oriundo da comunidade de Uberaba e arredores, em especial distrito de Peirópolis, nacionalmente conhecido pelas pesquisas e divulgação da paleontologia. Com a execução desta proposta, esperamos contribuir para ampliar aspectos da popularização da ciência e tecnologia na sociedade local e regional. Com o exposto, temos a pretensão de envolver, direta ou indiretamente, toda a comunidade de Uberaba e região, bem como estudantes e servidores da UFTM.

Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais – Auxílio financeiro.